Grandes empresas começam a dar aumento salarial para funcionários não efetivos (keiyaku shain e part time)

Posted in economia do Japão, empresas japonesas, Japão with tags on 24 de março de 2015 by vistoconsular

arubaito-japaoO jornal Asahi trouxe uma matéria (24) tratando da propagação do aumento salarial para os funcionários não efetivos dentro das grandes companhias japonesas, a partir desta primavera. Os alvos são os chamados de keiyaku shain (funcionário com tempo estabelecido em contrato) e part time (trabalho em jornada reduzida).

Um exemplo citado na matéria é da loja de departamentos Daimaru Matsuzakaya que decidiu dar aumento mensal de mil ienes a cerca de 1,5 mil funcionários, o que representa ¼ do quadro de funcionários efetivos.

No caso da KDDI os não efetivos vão receber um aumento mensal de 4.800 ienes, o que significa 2.700 a mais do que aos efetivos. Essa é uma estratégia para diminuir o fosso existente os salários de um efetivo e do não regular.

Para uma rede como Skylark que lida com a falta de mão de obra, cuidar dos existentes é uma grande tarefa. Pensando nisso aumentou em 3,6% o salário dos keiyaku shain.

Redes de supermercado como Aeon e Ityokado e rede de udon decidiram dar aumento salarial aos funcionários do tipo part time e arubaito que ganham por hora. Segundo pesquisa feita pelo jornal, 55 sindicatos de várias categorias obtiveram em média 19,67 ienes de aumento, por hora, para os trabalhadores. Para os sindicatos que negociaram aumentos salariais aos mensalistas, a média ficou na faixa de 1.220 a 4.188 ienes.

A expectativa vai ficar sobre as empresas de pequeno e médio porte e as grandes indústrias manufatureiras. A diferença salarial entre o funcionário efetivo e o não regular chega a 40%. A preocupação é se as empresas que estão aumentando os salários vão conseguir mantê-los no ano que vem.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Japão contratará enfermeiros brasileiros como estagiários a partir de 2016

Posted in governo japonês, Japão, Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão with tags , on 16 de março de 2015 by vistoconsular

Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do JapãoO COFEN – Conselho Federal de Enfermagem do Brasil anunciou em nota na sua página na internet que o “Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão aprovou um plano que prevê a contratação de mão de obra qualificada para estágio de treinamento no setor de Enfermagem dirigido aos idosos. Além da qualificação profissional, é exigido domínio do idioma local. Os estagiários iniciarão atividades a partir de abril de 2016.”

Segundo o Asia-Pacific Human Rights Information Center, em 2025 a falta de mão-de-obra nessa área subirá para 1 milhão de pessoas. Porém, essa entidade japonesa se posiciona contra a decisão do governo japonês em trazer enfermeiros do exterior, como estagiários, para cobrir a falta dessa mão de obra por motivos da comunicação com a barreira do idioma (mesmo tendo estudado japonês) e da falta de especialização em áreas como a demência, pacientes em fase terminal e uma ampla gama de cuidados com o idoso, o que requer experiência.

A entidade é a favor da criação de um plano de carreira para a pessoa formada em “kaigo” (cuidados e bem estar com os paciente), para incentivá-la a permanecer na função. Em relação aos estrangeiros que estudam kaigo e obtém certificação nos diversos níveis, a entidade posiciona-se a favor.
Fonte: IPC Digital

Pela primeira vez em sua história, Toyota terá vice-presidente estrangeiro

Posted in Toyota with tags , on 5 de março de 2015 by vistoconsular

Didier LeroySegundo informações divulgadas pelo Nihon Keizai Shimbum, a montadora Toyota irá nomear o seu primeiro vice-presidente não-japonês, no próximo dia primeiro de abril. Com a nomeação de um estrangeiro para um cargo executivo do alto escalão da empresa, a Toyota quer atender as demandas globais de diversificação.

O francês Didier Leroy (57), atualmente é o diretor da divisão europeia da montadora. Ele iniciou sua carreira na Renaut depois de ganhar o seu diploma de bacharel em engenharia.

Em 1998, Didier juntou-se à Toyota e desempenhou trabalhos importantes de gerenciamento da empresa na França.

Dos 57 executivos da Toyota, apenas sete são estrangeiros.
Fonte: IPC Digital

Japão: 48% das empresas estão considerando aumento salarial a partir de abril

Posted in empresas japonesas with tags on 23 de fevereiro de 2015 by vistoconsular

yen salarioUma pesquisa realizada pela empresa particular de avaliação de crédito Teikoku Databank, mostrou que quase a metade das empresas no Japão pretendem aumentar os salários a partir de abril de 2015.

A sondagem, que é realizada anualmente e que consultou 10 mil empresas, revelou que 48,3% delas estudam a possibilidade de aumentar o salário básico ou o bônus para trabalhadores regulares no próximo ano fiscal. Em relação à porcentagem anterior, 78% das empresas manifestaram intenção de manter um quadro de funcionários estável.

Convidadas a justificar o possível aumento salarial, as empresas referiram que a intenção – dirigida principalmente aos setores da construção civil e de serviços – está relacionada à escassez de mão de obra.
Fonte: IPC Digital com emissora NHK
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Aumenta número de trabalhadores estrangeiros em Gunma; Número de brasileiros diminui

Posted in Gunma with tags on 9 de fevereiro de 2015 by vistoconsular

O número de trabalhadores estrangeiros na província aumentou em 2,2%, para 18.097 pessoas
Segundo o último levantamento da Secretaria do Trabalho da província de Gunma, feito em Outubro de 2014, o número de trabalhadores estrangeiros na província aumentou em 2,2%, para 18.097 pessoas.

Em contrapartida, o número trabalhadores brasileiros em Gunma caiu de 6.163 para 5.415 (-748) no período de um ano. O número de trabalhadores peruanos também caiu de 2.164 para 2.105 (-59).

Os trabalhadores chineses foram os que mais contribuíram para o aumento no número de trabalhadores estrangeiros na província (+381), seguidos de filipinos (+234), vietnamitas (+271), e coreanos (+159).
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Japão aceitará mais helpers estrangeiros

Posted in governo japonês, Japão, trabalho no japao with tags , on 27 de janeiro de 2015 by vistoconsular

helper no Japão
O governo japonês adotará medidas para permitir que mais cuidadores estrangeiros possam trabalhar no país, informou nesta segunda-feira (26) a emissora NHK.

Um relatório divulgado na última semana revela que os serviços de enfermagem serão inseridos no programa de capacitação técnica que é oferecido às pessoas de países em desenvolvimento. O governo concederá o status de residente aos estrangeiros que se formarem a partir de instituições de ensino no Japão e obtiverem a licença de cuidador.

Embora exista demanda e o plano de aumentar as contratações de estrangeiros, o governo será cauteloso já que foram registradas irregularidades no programa de capacitação em setores como agricultura e manufatura. Por essa razão, será criado um novo órgão para supervisão e fiscalização.

As mudanças entrarão em vigor no próximo ano fiscal e o programa exigirá um certo nível de proficiência em japonês para os estrangeiros.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Honda considera transferir produção de motos do Vietnã para o Japão

Posted in Honda, produção de motos no Japão with tags , , on 15 de janeiro de 2015 by vistoconsular

scooter-hondaSegundo o site de notícias vietnamita Tuoitrenews.vn, a gigante japonesa Honda está considerando a possibilidade de transferir parte de sua produção de motos no Vietnã para o Japão, como forma de reduzir as perdas causadas pela desvalorização do iene.

De acordo com um representante da Honda no Vietnã, a linha de produção das motocicletas de 50 cc provavelmente será realocada para a fábrica da Honda em Kumamoto, no Japão. A Honda vende no mercado japonês cerca de 200 mil motocicletas anualmente, metade delas com motores abaixo de 50 cc.

O custo de produção e importação de motocicletas fabricadas no Vietnã supera os custos de fabricação interna, informou fontes ao Tuoitrenews.vn.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.