Preços aumentam a partir de hoje no Japão; salário mínino também

mercadoA partir de hoje (1º), comer num restaurante, viajar de avião, fazer compras no supermercado, entre outras coisas, ficará mais caro no Japão. O custo de vida aumenta porque o iene está mais fraco em relação ao dólar, cuja cotação é próxima a 110 ienes. A alta pode continuar e se diminuir o consumo pessoal causará uma desaceleração da economia nipônica, segundo noticia o diário econômico SankeiBiz.

O salário mínimo também vai aumentar em todas as províncias entre 13 e 21 ienes por hora. A média do salário mínimo em todo o país estará em 780 ienes por hora. A StarBucks Cofee Japan anunciou que aumentará em 10 ienes os preços de 12 produtos a partir de hoje porque o leite e o café estão mais caros.

Já a Osho Food Service que administra a rede de restaurantes “Gyoza no Osho” decidiu elevar entre 5 e 86 ienes a maioria de seus pratos pelo aumento nos custos de pessoal assim como nos gastos com compra de carne de frango e porco.

A companhia aérea Skymark vai aumentar as taxas sobre a maioria dos seus voos a partir do dia 26. O percentual máximo será de 69% na rota Kobe-Sapporo. A Mitsui Sumitomo Insurance Company, Limited e Aioi Nissay Dowa Insurance Co., Ltd. irão elevar as prestações de seguros de automóveis em 1,9% em média, e a Tokio Marine & Nichido Fire Insurance Co., Ltd. subirá 0,9%.

Além disso, a taxa de previdência social dos trabalhadores terá reajuste de 0.354%. No caso de um funcionário que recebe 300 mil ienes por mês, a dedução aumentará para 531 ienes ao mês.
Fonte: IPC Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: