Arquivo para julho, 2017

Nissan ultrapassa Toyota e Volkswagen em vendas

Posted in Notícias with tags , on 29 de julho de 2017 by vistoconsular

A Nissan atualmente lidera as vendas de automóveis ao redor do mundo
nissan

Neste primeiro semestre de 2017 (janeiro~junho), o grupo Nissan, que inclui a francesa Renault, a japonesa Mitsubishi e, obviamente, a própria Nissan, ficou em primeiro lugar nas vendas acumuladas pela primeira vez. A Nissan ultrapassou a alemã Volkswagen (VW), que ficou em primeiro lugar no mesmo período do ano passado, e a Toyota, que conquistou o segundo lugar no ano anterior.

Embora o grupo Toyota, que inclui a Daihatsu Motor, Lexus, entre outros, tenha registrado um aumento de 2.7% nas vendas (5.129.000 unidades), atualizando o recorde da empresa, a Nissan conseguiu ultrapassar a gigante japonesa.

O grupo Nissan registrou a incrível marca de 5.268.000 veículos vendidos, aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Muitos atribuem o êxito da empresa à aquisição da Mitsubishi em outubro do ano passado. Desde o levantamento da Volkswagen (VW) apresentado em 19 deste mês, a “vitória” da Nissan perante essas gigantes já era esperada. A fabricante alemã registrou 5.155.600 automóveis vendidos, um aumento de 0.8%.

Consequentemente, as líderes de venda foram a Nissan, Volkswagen e Toyota, respectivamente. A americana General Motors (GM), que conquistou o terceiro lugar no ano passado, registrou 4.686.000 veículos, uma queda de 1.7%.

Carlos Ghosn, CEO da Renault e Presidente da Nissan e da Mitsubishi, comentou que faria uso da presença de mercado e dos méritos gerados pela aliança das empresas para “trazer um efeito de sinergia”. Ghosn também disse que almejará o aumento das vendas e o fornecimento de serviços de mobilidade da próxima geração, o que “poderá demonstrar toda a capacidade latente da empresa.”
Fonte: Reuters

A falta de mão de obra no Japão é a maior em 25 anos, mostra pesquisa Tankan

Posted in Banco do Japão, Notícias with tags on 4 de julho de 2017 by vistoconsular

Setores mais afetados são os de entrega de encomendas e restaurantes

falta mao de obra
Uma pesquisa realizada pelo banco central do Japão mostra que a falta de mão de obra no país é a maior em 25 anos, divulgou a NHK.

O Banco do Japão apresentou na segunda-feira (3) os resultados de sua pesquisa Tankan, realizada trimestralmente. Cerca de 11 empresas foram entrevistadas para saber se elas têm um número suficiente de trabalhadores.

O índice para todas as empresas situou-se a menos 25 pontos, inalterado da pesquisa anterior realizada há 3 meses.

Um número negativo indica escassez de mão de obra, sendo a diferença na proporção entre as empresas que reportam níveis excessivos de funcionários e aquelas que dizem precisar de mais trabalhadores.

O índice para grandes empresas caiu em 1 ponto para menos 16. Firmas menores viram 1 ponto de aumento, mas seus números totais se mantêm altos, a menos 27.

A escassez de mão de obra afeta principalmente as empresas de entrega de encomendas, restaurantes e varejistas.

Além disso, o encolhimento populacional está tornando a situação ainda mais difícil para que as empresas encontrem soluções que resolvam a falta de mão de obra.
Fonte: Portal Mie com NHK