Archive for the Japão Category

Produção industrial do Japão em junho aumenta pela 1ª vez em 5 meses

Posted in economia do Japão, Japão, Produção industrial do Japão with tags , , , , on 31 de julho de 2020 by vistoconsular

A atividade econômica que havia paralisado em meio a pandemia de Covid-19 começou a entrar no ritmo, mostraram dados do governo em 31 de julho

produção industrial do Japão2
A produção industrial do Japão aumentou pela primeira vez em 5 meses no mês de junho, enquanto a atividade econômica que havia paralisado em meio a pandemia de coronavírus começou a entrar no ritmo, mostraram dados do governo nesta sexta-feira (31).

O índex de produção ajustado sazonalmente em fábricas e minas subiu 2,7% ante o mês anterior para 80.3 contra a base de 100 de 2015, disse o Ministério da Economia, Comércio e Indústria em um relatório preliminar.

A recuperação levou o ministério a dizer que a produção industrial “atingiu o ponto mais baixo” e mostra sinais de “crescimento”, uma atualização de “diminuindo rapidamente” em abril e maio.

A produção de montadoras se recuperou porque alguns mercados no exterior que haviam se debilitado sob medidas de lockdown começaram a reabrir e interrupções nas redes de fornecimento foram resolvidas. No Japão, a suspensão do estado de emergência nacional no fim de maio trouxe os consumidores de volta aos showrooms.

“Algumas fábricas ainda estão operando em capacidade limitada, mas muitas estão agora estão de volta ao normal”, disse um oficial do ministério.

Fabricantes de máquinas como escavadoras e aquelas usadas para fazer telas também registraram aumento de produção, enquanto a de químicos e de papel diminui.

Baseado em uma pesquisa com fabricantes, a previsão de aumento de produção industrial seria de 11,3% em julho e de 3,4% em agosto.

Contudo, um recente aumento nos casos de coronavírus no Japão, principalmente em centros urbanos como Tóquio e Osaka, dificulta previsões detalhadas, disse o oficial do ministério.

A administração do primeiro-ministro Shinzo Abe disse que não pedirá um outro estado de emergência, visto que ela busca balanço ao controlar a pandemia com a introdução da economia em um caminho de recuperação.

“Mas se novas infecções continuarem a aumentar, pode ser necessário trazer de volta restrições sobre atividade econômica”, disse Takeshi Minami, economista chefe no Instituto de Pesquisa Norinchukin.
Fonte: Portal Mie com Japan Times

Toyota aumenta produção nos fins de semana

Posted in Japão, montadoras japonesas, Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 23 de junho de 2020 by vistoconsular

A gigantesca montadora japonesa anunciou seu plano de produção para o mês de julho

toyota fabrica
As montadoras japonesas Toyota, Hino e Daihatsu informaram na segunda-feira (22) seus planos de operação das plantas dentro do país para o mês de julho.

A Toyota teve uma queda de produção de até 40% mas conseguiu recuperar, chegando a 10% da redução em relação ao planejamento inicial para este ano. Por isso, para quase todas as 15 plantas não estabelecerá folga na produção para o mês de julho nos dias úteis. A planta que produz o RAV4, com vendas em alta, terá produção inclusive nos finais de semana.

É muito provável que a recuperação deverá continuar no mês de agosto.

As linhas que produzem RAV4 e Harrier na linha 2 da planta de Takaoka, em Toyota (Aichi) e nas 301 e 302 em Obu (Aichi) e a planta de Tahara (Aichi) que produz Lexus são as que os funcionários trabalharão nos fins de semana.

Em contrapartida no plano de produção de julho as plantas de Susono (Shizuoka), Kakamigahara (Gifu) e Hamura (Tóquio) terão produções interrompidas.

A outra montadora, Hino, interromperá a produção por somente 2 dias nas plantas de Hamura e Furukawa (Ibaraki), a qual produz Profia.

A Daihatsu irá interromper a produção do Thor na planta da matriz, em Ikeda (Osaka), apenas nos dias 10 e 17. Nessa mesma planta são produzidos os veículos da Toyota, o Roomy e Tank.
Fonte: Portal Mie com Daily Automotive News e Car View

Mitsubishi adquire fábrica da Sharp para aumentar a produção de chips para carros elétricos

Posted in Fábrica no Japão, Japão, Notícias with tags , , , on 11 de junho de 2020 by vistoconsular

Nova fábrica, no oeste do Japão, deverá começar a operar em novembro do próximo ano

chips para carros elétricos
A Mitsubishi Electric anunciou nessa quinta-feira (11) que comprará parte de uma fábrica da Sharp, no oeste do Japão, para atender à crescente demanda por chips de gerenciamento de energia utilizados em veículos elétricos (EV).

O movimento ocorre quando os rivais da Mitsubishi, como Infineon Technologies AG e ON Semiconductor, aumentam a capacidade de produção dessas peças, que controlam com eficiência a energia elétrica em carros e dispositivos eletrônicos.

A Mitsubishi, principal fornecedora desses chips para a Toyota Motor Corp, disse que investirá cerca de 20 bilhões de ienes para adquirir duas instalações ociosas na fábrica de chips da Sharp e lançar linhas de produção nesses locais.

A nova fábrica, que deverá começar a operar em novembro do próximo ano, processará wafers (fatia fina de material semicondutor) para chips de gerenciamento de energia, disse a Mitsubishi.
Fonte: Alternativa com Reuters

Produção global de montadoras japonesas cai cerca de 61% em abril

Posted in Japão, montadoras japonesas, Notícias with tags , , , , , , , , on 29 de maio de 2020 by vistoconsular

A produção das montadoras deve cair ainda mais, visto que a propagação prolongada do vírus deve pesar na demanda por automóveis nos próximos meses

montadoras japonesas
A produção global de oito grandes montadoras japonesas caiu 60,9% para 916.255 veículos em abril comparado ao ano anterior, visto que fábricas foram fechadas devido à pandemia de coronavírus, mostraram na quinta-feira (28) dados divulgados pelas companhias.

Suas produções provavelmente cairão ainda mais, já que a propagação prolongada do vírus, que causa a doença respiratória Covid-19, deve pesar na demanda por automóveis nos próximos meses.

A Toyota disse que sua produção global caiu 50,8% para 379.093 veículos, enquanto a Honda viu um declínio de 48% na produção global, para 212.747 unidades.

A produção global da Nissan também caiu, 62,4%, para 150.388 veículos.

As três maiores montadoras e a Subaru disseram que suas produções nos EUA situaram-se a zero, visto que a pandemia levou ao fechamento de todas as fábricas na maior economia do mundo no mês reportado.

A Toyota, Honda e Subaru retomaram a produção em suas fábricas nos EUA e Canadá em 11 de maio com o relaxamento de restrições sobre atividades econômicas por autoridades locais, após fechá-las por cerca de 50 dias. A Nissan planeja reiniciar as operações em 1º de junho.

A Suzuki disse que sua produção caiu 87,6% para 34.015 unidades no mundo, já que a produção e vendas da montadora na Índia, um grande mercado para a companhia, situou-se a zero em abril devido à propagação do vírus no país.

A produção doméstica combinada das 8 montadoras caiu 46,7% para 412.587 veículos no mês reportado.
Fonte: Portal Mie com Mainichi

Subaru prorroga suspensão do turno da noite

Posted in Japão, Notícias, Subaru with tags , , , , , , on 20 de maio de 2020 by vistoconsular

Como as demais montadoras a Subaru enfrenta queda de produção, o que reflete nas plantas em Gunma

subaru5
Diante da crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus a montadora Subaru informou que a queda de produção desde abril impacta em cerca de 150 mil ou mais unidades de veículos no mercado global.

A Subaru tem duas plantas no Japão, em Oizumi e Ota (Gunma), e mais uma nos Estados Unidos. Todas ficaram paralisadas por cerca de um mês por falta de suprimentos.

As 150 mil unidades significam 15% de sua produção anual, estimada em 1 milhão de veículos. Essa queda irá refletir no fechamento do balanço em março de 2021, com faturamento inferior ao planejado. Portanto, é inevitável que a montadora seja prejudicada.

A Subaru havia informado que as plantas de Gunma estão com o turno noturno suspenso este mês. Mas, informou que irá prorrogar até 19 de junho.

A previsão é de retomar a produção em dois turnos somente a partir de 22 de junho.
Fonte: Portal Mie com Jomo Shimbun

Cidade em Mie lança serviço de interpretação para chamadas de emergência em 11 idiomas

Posted in Japão, Mie, Notícias with tags , , , , , , , on 12 de maio de 2020 by vistoconsular

A implementação de tal serviço é a quarta do tipo na província de Mie, seguindo cidades como Suzuka e Tsu

chamadas de emergência
Um departamento de bombeiros em cidade na província de Mie iniciou um serviço de interpretação que cobre até 11 idiomas para responder a chamadas de emergência 119 provenientes de residentes e turistas estrangeiros.

O departamento municipal de bombeiros na cidade de Nabari assinou um contrato com um call center em Tóquio que oferece interpretação simultânea para várias línguas.

O departamento de bombeiros é agora capaz de oferecer serviços de interpretação 24/7 (24 horas por dia, 7 dias por semana) para chamadas em 5 idiomas: inglês, chinês, coreano, português e espanhol. Para os outros 6: tailandês, vietnamita, russo, francês, filipino e nepalês, a interpretação está disponível das 9h às 17h.

A implementação de tal serviço é a quarta do tipo na província de Mie, seguindo cidades como Suzuka e Tsu.

Quando o centro de controle do departamento de bombeiros recebe uma chamada de um estrangeiro, ele conecta a ligação ao call center em Tóquio ao pressionar o botão “chamada em língua estrangeira” em um painel touchscreen.

O intérprete e o funcionário do centro de controle então se comunicam com a pessoa que ligou em uma chamada de 3 vias para obter detalhes essenciais, permitindo respostas mais rápidas para situações de emergência.

Além disso, bombeiros despachados para a cena podem receber serviços de interpretação ao entrar em contato com o call center por telefone.

A cidade de Nabari tinha 1.073 residentes estrangeiros desde 1º de abril. Chamadas de emergência em línguas estrangeiras continuam em pequeno número, com zero em 2018 e somente uma em 2019.

Entretanto, o estrangeiro que ligou no último caso não conseguiu transmitir o endereço do local e os bombeiros foram despachados com base em referências incluindo lojas nas proximidades.

“Implementamos o serviço já que há previsão de que chamadas em línguas estrangeiras podem aumentar assim que as olimpíadas forem realizadas. Também achamos que isso expandirá o âmbito de serviços residenciais”, comentou um representante do departamento de bombeiros.
Fonte: Portal Mie com Mainichi

Pandemia de coronavírus força mais de 100 empresas no Japão a declarar falência

Posted in Japão, Notícias with tags , , , , , on 4 de maio de 2020 by vistoconsular

O número poderá aumentar porque PMEs estão cada vez mais vivenciando problemas com fluxo de caixa sob o estado de emergência nacional

closed
Mais de 100 empresas no Japão foram forçadas a declarar falência durante a pandemia do novo coronavírus, visto que o número de turistas despencou e a campanha “fique em casa” afetou lucros, disse um instituto de pesquisa.

Desde o fim de abril, 109 companhias haviam declarado falência, muitas na indústria de serviços, desde o início da disseminação do vírus no Japão, disse a Tokyo Shoko Research em 30 de abril.

É provável que o número aumente porque empresas de pequeno e médio porte estão cada vez mais vivenciando problemas com fluxo de caixa sob o estado de emergência nacional. O estado de emergência deve ser estendido além do prazo inicial de 6 de maio.

O vírus também afetou grandes corporações. Muitas companhias listadas revisaram para baixo suas previsões de performances de negócios por causa da pandemia.

Ao todo no Japão, a crise de saúde deve resultar em prejuízos de mais de ‎¥‎ 3 trilhões de ($28 bilhões) em vendas e mais de ‎¥‎2 trilhões em receitas líquidas.

Houve dois casos de falência relacionados à Covid-19 em fevereiro e 23 e março. Em abril, quando o governo central declarou o estado de emergência, o número disparou para 84, disse a Tokyo Shoko Rsearch.

Sob os pedidos de governos locais, um crescente número de pessoas evitaram sair e mais negócios fecharam para controlar a propagação do vírus.

Por província, Tóquio teve o maior número de falências, com 26, seguida por 11 em Hokkaido, 7 em Shizuoka e 7 em Osaka.

Vinte e quarto das falências foram de hotéis e 15 operadores de restaurantes.
Fonte: Portal Mie com Asahi

Mais de 80 estrangeiros, incluindo brasileiros, perdem emprego em Nagano

Posted in Fábrica no Japão, Japão, Notícias with tags , , , , , on 27 de abril de 2020 by vistoconsular

A produção caiu em muitas fábricas por consequência do coronavírus

estrangeiros perdem emprego
Um levantamento do jornal Shinano Mainichi divulgado neste domingo (26) apurou que mais de 80 estrangeiros, incluindo brasileiros, perderam o emprego em abril na região de Kamiina (Nagano), devido à queda no volume de trabalho por consequência do coronavírus.

O jornal enviou perguntas para 20 empreiteiras da região e oito delas disseram ter demitido 81 estrangeiros, incluindo brasileiros, peruanos, chineses, filipinos, tailandeses e trabalhadores de outras nacionalidades.

Seis empreiteiras responderam que, por enquanto, não tinham feito nenhuma demissão devido à queda de trabalho e as seis empresas restantes não se pronunciaram a respeito.

Os estrangeiros que perderam o emprego foram avisados sobre a demissão um mês antes, conforme a legislação trabalhista, segundo o jornal.

Uma das empreiteiras informou que demitiu 42 estrangeiros que trabalhavam em uma fábrica que exportava peças para os Estados Unidos e a Europa, as duas regiões mais afetadas pela pandemia de coronavírus.

Uma outra empreiteira que dispensou seis trabalhadores em abril disse que pode haver mais demissões após o feriado de Golden Week, que termina em 6 de maio, devido à queda na produção das empresas.
Fonte: Alternativa

Benefício dos 100 mil ienes: objetivo e como recebê-lo

Posted in Japão, Notícias with tags , , , , , , , on 20 de abril de 2020 by vistoconsular

O governo anunciou no final da tarde de segunda-feira sobre como proceder para receber o benefício dos 100 mil ienes para a população, incluindo estrangeiros

ajuda 100 mil
O MIC-Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão anunciou no final da tarde de segunda-feira (20) as linhas gerais do pagamento do benefício de 100 mil ienes.

Esta é uma das medidas de emergência do governo diante dos efeitos da propagação do novo coronavírus. Será concedido a toda população, incluindo a estrangeira residente, que tenha registro nas prefeituras locais, a partir de 27 deste mês.

Para ser mais específico, todo residente estrangeiro com mais de 3 meses de residência será beneficiado.

Como proceder
Quanto ao procedimento o chefe da família deverá preencher as informações bancárias no formulário de solicitação enviado pela prefeitura ou subprefeitura onde reside. Assim, o valor total da família será depositado nessa conta indicada.

Além disso, para quem possui o cartão My Number, poderá se inscrever online.

Quer recusar?
Se algum membro da família não deseja receber o benefício basta informar no formulário e a essa pessoa não será feito o pagamento.

Período do benefício e data de recebimento
Cada prefeitura ou subprefeitura deverá estabelecer a data de início das aplicações. O prazo final é de 3 meses a contar desse dia.

O MIC informou que embora cada municipalidade decida sobre o início dos pagamentos estima que as primeiras datas deverão ser em meados do próximo mês.

Objetivo
No pronunciamento feito na manhã de segunda-feira, da residência oficial do primeiro-ministro, Shinzo Abe disse “os efeitos do novo coronavírus estão se prolongando e toda a população está em uma situação difícil. Decidimos pelo benefício de 100 mil ienes por pessoa com a finalidade de superarmos essa difícil batalha de longo prazo junto com os cidadãos deste país”.

Cofre público
Para fornecer um benefício uniforme de 100 mil ienes por pessoa, o governo revisará o orçamento suplementar para o ano fiscal atual e aumentará os gastos adicionais em 8,88 trilhões de ienes a mais do que antes da revisão. Como resultado, será consolidada a política de aumentar o orçamento suplementar para 25,691 trilhões de ienes, expandindo a escala das medidas econômicas de emergência para 117,1 trilhões de ienes.
Fonte: Portal Mie com NHK

Murata de Shimane paralisada para desinfecção: 7 mil funcionários em casa

Posted in Japão, Notícias with tags , , , , on 15 de abril de 2020 by vistoconsular

Um trabalhador da linha de produção está infectado com o novo coronavírus. Para desinfecção da indústria Murata o expediente retorna depois de 3 dias

murata2
Na terça-feira (14) a Murata Seisakusho informou que na sua subsidiária de Izumo (Shimane) um trabalhador testou positivo. Por isso, decidiu paralisar temporariamente a produção para a atividade de desinfecção, até quinta-feira (16).

Essa subsidiária produz capacitores cerâmicos em multicamadas (MLCCs). O testado positivo é um operador, cuja identidade foi preservada, portanto, não foi anunciado se é japonês ou estrangeiro.

Embora seja assintomático 61 colegas que tiveram contato mais próximo foram encaminhados para quarentena, de duas semanas, a partir de terça-feira.

Esse trabalhador esteve no mesmo local, um estabelecimento comercial, onde foi constatado um caso no dia 9. Por isso, foi submetido ao teste PCR em 13, quando o resultado apontou positivo.

A indústria ordenou que 7 mil funcionários fiquem em casa durante o período de desinfecção.

Em 5 deste mês ocorreu o mesmo com a outra subsidiária da Murata, na planta de Fukui.
Fonte: Portal Mie com Kyoto Shimbun e Nikkei

%d blogueiros gostam disto: