Archive for the Produção industrial do Japão Category

Produção industrial do Japão subirá em 2014, diz Banco do Japão

Posted in Banco do Japão, economia do Japão, Produção industrial do Japão with tags , on 25 de dezembro de 2013 by vistoconsular

Banco do Japão (BoJ)O Banco do Japão (BoJ), na sigla em inglês) demonstrou otimismo em relação á produção industrial e às exportações no primeiro trimestre de 2014, indicando que a economia japonesa deve ganhar força nos próximos meses. O BoJ publicou há pouco o seu relatório econômico mensal.

"No primeiro trimestre, a produção industrial deve avançar diante da recuperação moderada da economia doméstica e internacional", explicou o BoJ.

Além disso, o banco central revelou que a melhora da demanda antes do aumento do imposto sobre vendas deve impulsionar a produção industrial no quarto trimestre deste ano e entre janeiro e abril de 2014.

"O consumo privado e os investimentos em habitação, embora com algumas oscilações, devem permanecer resistentes, apoiados principalmente pela melhoria da situação do emprego e da renda", disse o BoJ.

Os membros do BoJ estarão atentos a qualquer fraqueza que o consumo apresente após o aumento do imposto sobre vendas que passará de 5% para 8% a partir de abril do ano que vem.

Além disso, o banco central japonês acredita que as exportações devem aumentar moderadamente diante da retomada das economias no exterior.

O BoJ também observou que a recuperação das exportações e do investimento de capital são importantes para que a economia do Japão acelere o ritmo de crescimento.

Na atual conjuntura econômica, o BoJ manteve o ponto de vista apresentado em novembro de que "a economia do Japão está se recuperando moderadamente." O banco central porém vislumbra dificuldades antes e depois do aumento do imposto sobre vendas. Fonte: O Estado de S. Paulo com Market News International

Governo do Japão melhora avaliação econômica com estabilização na indústria

Posted in economia do Japão, Produção industrial do Japão with tags on 27 de fevereiro de 2013 by vistoconsular

Governo do Japão melhora avaliação econômica com estabilização na indústriaO governo do Japão melhorou sua avaliação da economia em fevereiro pelo segundo mês consecutivo, dizendo que a produção industrial começava a sair de seu ponto mais baixo e que a confiança corporativa está melhorando devido à queda do iene e ao aumento dos preços das ações.

O governo elevou sua avaliação da produção industrial, da confiança corporativa, dos lucros das empresas e dos gastos dos consumidores, ao passo que a economia mostra sinais de sair de uma pequena recessão que começou no início do ano passado.

O governo reiterou que espera que o Banco do Japão, banco central do país, tome medidas ousadas para atender à meta de inflação de 2 por cento, como parte de um esforço para sair de uma deflação persistente e para reanimar a economia.

"A economia está saindo de seu ponto mais baixo, mas algumas áreas fracas permanecem", afirmou o Escritório do Gabinete em seu relatório econômico mensal divulgado nesta quarta-feira.

"Alguma fraqueza deve continuar por enquanto, mas esperamos que a economia se recupere à medida que o sentimento melhora devido à melhoria das exportações, ao estímulo econômico e ao impacto da política monetária."

Isso marca uma melhora em relação à avaliação do mês passado, quando o governo disse que algumas áreas da economia estavam mostrando sinais de estarem saindo de seu menor nível.

A última vez que o governo melhorou sua avaliação econômica em dois meses consecutivos foi em janeiro e fevereiro de 2011, um mês antes do terremoto que destruiu grande parte da costa nordeste do país e provocou um desastre nuclear.
Fonte: O Estado de São Paulo com Reuters, Stanley White

Produção industrial diminuiu 4% em setembro

Posted in Produção industrial do Japão with tags on 28 de outubro de 2011 by vistoconsular

Apesar da queda, pesquisa prevê recuperação para os próximos meses

producao_industrial
A produção industrial do Japão reduziu 4% em setembro em relação ao mês anterior. Foi a primeira queda em seis meses, informou o Governo. Os dados indicam que a produção industrial da terceira economia mundial perdeu forças após seis meses de contínua recuperação depois do terremoto e tsunami de março, que afetaram seriamente as fábricas do nordeste do Japão e a cadeira de abastecimento.

Sobre o mesmo mês de 2010, a produção também caiu em 4%, conforme dados preliminares do Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

A produção nas fábricas e minas japonesas no mês passado ficou em 89,9 pontos em relação à base de 100 estabelecida em 2005. Apesar da desaceleração do ritmo das fábricas em setembro, segundo pesquisa realizada pelo Governo entre os fabricantes, é prevista uma recuperação da produção nos próximos meses, com aumento de 2,3% em outubro e 1,8% em novembro.

Todas as indústrias contribuíram para a queda em setembro, lideradas pelo setor de equipamentos de transportes, máquinas em geral e eletrônicas, enquanto que por produtos o declínio enfatizado foi o de veículos de passageiros, semicondutores e produtos de maquinaria e telefones celulares.
Fonte: IPC Digital com EFE

Iene forte desacelera produção industrial do Japão

Posted in Produção industrial do Japão with tags on 31 de agosto de 2011 by vistoconsular

fábrica toyota

Após dois meses de recuperação, a produção industrial do Japão sofreu uma desaceleração em julho, quando registrou um crescimento de 0,6% em relação ao mês anterior.

A queda foi causada principalmente pela forte valorização do iene e pela queda nas exportações para a China. A economia de energia elétrica imposta pelo governo japonês também contribuiu para a retração.

Mesmo assim, foi o quarto mês consecutivo de crescimento, o que sugere que o país está se recuperando das consequências do forte terremoto seguido de tsunami que destruíram parte do país em março passado.

Em junho, segundo dados do governo, o crescimento tinha sido de 3,8%. De qualquer forma, o setor manufatureiro já antecipou que espera um crescimento de até 2,8% para o mês de agosto, impulsionado pela demanda interna por produtos para o verão.

Segundo a avaliação divulgada pelo Ministério da Economia, “a tendência é de recuperação”.

Outro fator importante que influenciou no fraco desempenho do setor manufatureiro foi a lenta recuperação da indústria automotiva japonesa.

Dados apresentados hoje pela Associação Japonesa de Fabricantes de Veículos mostram que a produção teve uma queda de 8,9% em julho em relação ao ano anterior. Foi o décimo mês de queda consecutiva.

O presidente da entidade, Toshiyuki Shiba, já pediu ao novo primeiro-ministro, Yoshihiko Noda, que revitalize o mais rápido possível a economia japonesa.

Entre as principais reivindicações estão a desvalorização do iene, a ampliação de acordos de parceria econômica e a garantia de fornecimento estável de eletricidade.
Fonte: BBC Brasil