Archive for the profissionais da saúde Category

Japão deve ser mais flexível para atrair trabalhadores estrangeiros

Posted in profissionais da saúde, trabalhadores estrangeiros qualificados with tags on 14 de setembro de 2011 by vistoconsular

Diante do rápido envelhecimento da população, país precisa de profissionais da saúde

O rápido envelhecimento da população japonesa evidencia cada vez mais a necessidade de profissionais da saúde estrangeiros nos próximos anos, advertiu o jornal Asahi em um editorial. O Japão poderá enfrentar sérios problemas se definir duras restrições aos trabalhadores estrangeiros, acrescentou.

O jornal lembrou que, pelos acordos econômicos com Filipinas e Indonésia o país aceitou em seu território trabalhadores profissionais da saúde de ambos os países. Entretanto, a experiência até agora não funcionou.

No âmbito dos acordos, indonésios e filipinos recebem treinamento de meio ano antes vir ao Japão. Então, trabalham durante três anos em hospitais japoneses, e ao término devem ser aprovados num exame para serem qualificados como profissionais da saúde aptos para atuar no país. Nessa parte começam os problemas.

Dos 254 estrangeiros que se submeteram às avaliações para serem qualificados como enfermeiros, apenas três foram aprovados. Em 2001, a situação não foi menos assustadora. Embora o número de aprovados tenha sido maior com 16 pessoas, isso representa apenas 4% dos candidatos.

O jornal japonês afirmou que o governo deve tirar lições dessa experiência para que ela não se repita com o Vietnã, com quem o país negocia programas para que jovens possam trabalhar na área de saúde, também sob um acordo bilateral de associação econômica.

Por que tão poucos aprovados? A resposta é o idioma. Termos técnicos dificultam os candidatos estrangeiros a superar com sucesso os testes. Mesmo jovens esforçados nos hospitais, acabam reprovados pelo conhecimento insuficiente do idioma.

O Asahi Shimbum destacou que o sistema parece desenhado mais para recusar do que para aceitar estrangeiros que desejam trabalhar como profissionais da saúde. Por isso, o diário expôs que os candidatos devem ter pelo menos um ano de capacitação do idioma japonês para melhorar sua pontuação no teste.

Depois do terremoto de 11 de março, muitos dos trabalhadores da Indonésia e das Filipinas permaneceram no país para socorrer as vítimas, lembrou a mídia que pede ao Japão para valorizar esse gesto.

“A competição por recursos humanos na Ásia é cada vez maior”, advertiu. Por isso, o Japão necessita de um sistema atrativo para chamar trabalhadores estrangeiros qualificados. Por último, o diário apontou que o governo deveria revisar sua política em relação aos trabalhadores estrangeiros como forma de atrair recursos humanos de todo o mundo.
Fonte: IPC Digital

Anúncios