Arquivo para aumento salarial

Primeiro-ministro do Japão pede que empresas aumentem salários em 3% ou mais

Posted in empresas japonesas, Notícias, primeiro ministro do Japão with tags , , , on 26 de dezembro de 2017 by vistoconsular

Aumento vai fortalecer ciclo econômico positivo e conter deflação, disse premiêshinzoabeO primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, pediu às empresas que aumentem os salários em 3% ou mais no próximo ano.

Com o pedido, o primeiro-ministro mantém a pressão sobre as empresas e amplia políticas de estímulo ao crescimento econômico, conhecidas como “Abenomics”.

“Devemos sustentar e fortalecer o ciclo econômico positivo do Japão no próximo ano para alcançar nosso objetivo de longo prazo de vencer a deflação”, disse Abe em discurso.

“Por isso, eu gostaria de pedir às empresas que aumentem os salários em 3% ou mais (no próximo ano)”, disse ele.

No Japão, os salários das grandes empresas têm subido pouco mais de 2% a cada ano desde 2014, mostraram os dados do governo, e um aumento de 3% ou mais no próximo ano ajudaria o Banco do Japão a atingir a meta de inflação de 2%.
Fonte: G1 com Reuters

Anúncios

Grandes empresas começam a dar aumento salarial para funcionários não efetivos (keiyaku shain e part time)

Posted in economia do Japão, empresas japonesas, Japão with tags on 24 de março de 2015 by vistoconsular

arubaito-japaoO jornal Asahi trouxe uma matéria (24) tratando da propagação do aumento salarial para os funcionários não efetivos dentro das grandes companhias japonesas, a partir desta primavera. Os alvos são os chamados de keiyaku shain (funcionário com tempo estabelecido em contrato) e part time (trabalho em jornada reduzida).

Um exemplo citado na matéria é da loja de departamentos Daimaru Matsuzakaya que decidiu dar aumento mensal de mil ienes a cerca de 1,5 mil funcionários, o que representa ¼ do quadro de funcionários efetivos.

No caso da KDDI os não efetivos vão receber um aumento mensal de 4.800 ienes, o que significa 2.700 a mais do que aos efetivos. Essa é uma estratégia para diminuir o fosso existente os salários de um efetivo e do não regular.

Para uma rede como Skylark que lida com a falta de mão de obra, cuidar dos existentes é uma grande tarefa. Pensando nisso aumentou em 3,6% o salário dos keiyaku shain.

Redes de supermercado como Aeon e Ityokado e rede de udon decidiram dar aumento salarial aos funcionários do tipo part time e arubaito que ganham por hora. Segundo pesquisa feita pelo jornal, 55 sindicatos de várias categorias obtiveram em média 19,67 ienes de aumento, por hora, para os trabalhadores. Para os sindicatos que negociaram aumentos salariais aos mensalistas, a média ficou na faixa de 1.220 a 4.188 ienes.

A expectativa vai ficar sobre as empresas de pequeno e médio porte e as grandes indústrias manufatureiras. A diferença salarial entre o funcionário efetivo e o não regular chega a 40%. A preocupação é se as empresas que estão aumentando os salários vão conseguir mantê-los no ano que vem.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
trabalho no japao, emprego, visto e passagem para o japao