Arquivo para Emprego no Japao

Setor de transporte marítimo paga salário de ¥470 mil, mas não atrai jovens no Japão

Posted in Japão, Notícias with tags , , on 25 de julho de 2019 by vistoconsular

Mais da metade dos trabalhadores dessa área tem mais de 50 anos
transporte marítimo japao
O setor de transporte marítimo de carga está passando por um grave problema de falta de mão de obra no Japão, segundo uma reportagem da emissora NHK.

Apesar do salário médio de ¥470 mil, as empresas do setor não estão conseguindo contratar jovens. E quando aparecem trabalhadores novos, muitos deles desistem nos primeiros meses.

Mais da metade dos trabalhadores do setor tem mais de 50 anos, segundo a NHK. O tipo de função pode variar de acordo com a experiência e os cursos feitos pelos candidatos, mas de uma forma geral o trabalho é pesado.

O principal motivo para a falta de mão de obra pode estar no sistema de trabalho. Os funcionários das empresas de transporte marítimo normalmente ficam três meses dentro de um navio e depois descansam um mês.

Eles trabalham cerca de 14 horas por dia e não podem reclamar do excesso de carga horária porque o setor não precisa obedecer as normas trabalhistas impostas pelo governo. Há uma lei específica que dita as regras, chamada Senin-hou (船員法), ou Lei para Tripulantes de Navios.

Um trabalhador com idade na faixa dos 40 anos disse à NHK que foi atraído pelo salário e pela possibilidade de promoção corforme for adquirindo experiência e técnica.

Um homem de aproximadamente 50 anos que atua no setor reclamou do estresse, que é sentido principalmente quando o fim do trabalho é prorrogado e o descanso de um mês diminui.

O transporte marítimo é um importante setor no Japão e só perde para os caminhões em volume de carga.
Fonte: Alternativa

Trabalhadores estrangeiros são muito procurados nos setores imobiliário e do turismo no Japão

Posted in Japão, Notícias with tags , , , on 8 de junho de 2017 by vistoconsular

Hotéis no Japão e empresas do ramo imobiliário estão aumentando suas contratações de trabalhadores estrangeiros

hoteisnojapao
Operadoras de hotéis no Japão e empresas do ramo imobiliário estão aumentando suas contratações de trabalhadores estrangeiros em uma tentativa de capitalizar sobre o estrondoso fluxo do turismo e crescente investimento em propriedades por parte de compradores afortunados do exterior.

Rede de hotéis
Liang I-ting, uma atendente taiwanesa, recebe os hóspedes em chinês, japonês e inglês em um hotel do Grupo APA em Ueno (Tóquio), um dos destinos turísticos mais populares da capital.

Após estudar japonês em uma universidade em seu país, a taiwanesa de 36 anos se tornou comissária de bordo em uma empresa aérea local. Em dezembro passado, Liang começou a trabalhar no hotel, considerado popular entre os turistas estrangeiros.

“Gosto do meu trabalho e o salário é bom”, disse ela. “Foi uma decisão correta ter vindo ao Japão”.

A empresa que opera o hotel onde Liang trabalha vem recrutando vários cidadãos chineses e taiwaneses todos os anos em resposta ao crescente número de turistas estrangeiros que vêm ao Japão. O salário que recebem é o mesmo pago a funcionários japoneses.

Setor imobiliário
Nos últimos 3 anos, uma empresa do ramo imobiliário com sede em Tóquio, a Syla Corp., cujas vendas principais são de condomínios para investimento, contratou 1 ou 2 pessoas de Taiwan, China ou Coreia do Sul a cada ano. Essas pessoas são responsáveis por vender condomínios a investidores taiwaneses, chineses e sul-coreanos.

“As condições exigidas por clientes estrangeiros em condomínios japoneses são diferentes daquelas buscadas por clientes nacionais”, disse o presidente da empresa. “Funcionários estrangeiros com diferentes bagagens culturais têm uma vantagem em vender propriedades a potenciais clientes de seus países”.

Com a esperança de que as vendas de seus condomínios aumentem no futuro, a empresa acredita que seus funcionários estrangeiros representarão um papel importante em suas operações de marketing.

Contratação de trabalhadores de países asiáticos
Para ajudar os estrangeiros a conseguirem empregos no Japão, uma agência de contratação, a Neo Carrer Co., lançou em outubro passado um negócio de recursos humanos com a meta de trazer pessoas de países asiáticos. Até abril deste ano, ela apresentou cerca de 500 trabalhadores a cerca de 50 companhias japonesas incluindo empresas no setor varejista e relacionadas ao turismo.

“No futuro planejamos apresentar engenheiros vietnamitas e indianos a empresas de médio porte que estão enfrentando escassez de mão de obra”, disse um representante da firma de recrutamento.
Fonte: Portal Mie com Japan Today, Kyodo

%d blogueiros gostam disto: