Arquivo para Hiroshima

Japão: seminários do governo sobre contratação de mão de obra estrangeira para construção civil

Posted in Japão, Notícias with tags , , , , , , , , , on 16 de abril de 2016 by vistoconsular

construcao civil
O governo do Japão, através da Divisão de Manutenção do Mercado de Construção Civil, do Ministério das Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo, fará seminários em 8 capitais japonesas para explicar sobre a contratação de mão de obra estrangeira. Tem por objetivo atender à demanda das construções que precisam ser aceleradas para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2020.

Desde abril do ano passado, o governo vem aceitando trabalhadores qualificados para o trabalho nesse segmento. A intenção é solidificar esse conhecimento e também acelerar esse processo do sistema de contratação dessa mão de obra. Também é preciso explicar quais são as empresas que podem gerenciar esses trabalhadores estrangeiros e quais as que vão qualificá-los para o trabalho. O público alvo para esses seminários são as empresas e organizações interessadas em recebê-los e supervisioná-los.

Os seminários serão realizados a partir de 28 de abril nas seguintes capitais: Sendai, Tóquio, Niigata, Nagoia, Osaka, Hiroshima, Takamatsu e Fukuoka. Os interessados podem baixar o formulário da inscrição aqui.
Fonte: IPC Digital

Assistência estatal excede o salário mínimo em 11 províncias japonesas

Posted in salário mínimo no Japão with tags , , , , , on 26 de julho de 2013 by vistoconsular

Salário mínimo por hora é de cerca de 7,5 dólares

O salário mínimo médio no Japão atingiu a 749 ienesO salário mínimo é menor do que o montante das prestações sociais em 11 das 47 províncias do Japão, de acordo com um estudo realizado pelo governo japonês, informou Jiji Press.

No ano passado, o salário era menor do que a ajuda do Estado, em apenas seis províncias. Ou seja, de ano para ano, o número quase dobrou.

Depois disso, houve um aumento do salário mínimo, o número caiu em 2012. No entanto, este ano foi devido a pagamentos de habitação mais elevados e outros benefícios para a população que recebe o apoio do Estado.

As seis províncias mostraram um maior nível de benefícios sociais no ano passado foram Hokkaido, Miyagi, Tokyo, Kanagawa, Osaka e Hiroshima. Os cinco que se juntaram em 2013 são Aomori, Saitama, China, Kyoto e Hyogo.

A diferença entre o salário mínimo e os benefícios sociais nas 11 províncias citadas varia de ienes a 22 ienes. A maior diferença é relatado em Hokkaido. Em Tóquio, a distância é de 13 ienes.

O salário mínimo médio no Japão atingiu a 749 ienes (cerca de US $ 7,5) por hora.
Fonte: IPC Digital