Arquivo para produção no Japão

Produção de automóveis no Japão aumenta em maio

Posted in montadoras japonesas, Notícias, produção de veículos, Toyota with tags on 1 de julho de 2016 by vistoconsular

producao industrialA produção doméstica de automóveis no Japão aumentou em maio pela primeira vez em 2 meses. Vendas vigorosas de novos modelos foram a chave para a melhora.

Relatórios de 8 grandes montadoras mostram que suas produções combinadas totalizaram mais de 620.000 unidades, representando uma alta de 2,4% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Quatro empresas, incluindo a Toyota, produziram mais veículos. Entretanto, 4 outras montadoras reportaram quedas, incluindo a Mitsubishi Motors, que suspendeu a produção de mini veículos devido ao escândalo de manipulação em testes de consumo de combustível.
Fonte: Portal Mie com NHK

Montadora Toyota anuncia retorno de 4 plantas

Posted in Toyota with tags on 25 de abril de 2016 by vistoconsular

toyota montadoraA montadora Toyota anunciou nesta segunda-feira (25) que, dentre as 15 plantas paradas por conta do Terremoto de Kobe, 4 retornam à atividade.

Segundo a montadora, a Aishin Seiki, de Kumamoto que sofreu sérios danos, produzia peças para porta. Com a unidade parada, a montadora precisou recorrer à importação e terceirização dessas peças.

As plantas que retomaram a produção nesta segunda-feira são as de Tsutsumi, da cidade de Toyota (Aichi), que fabrica o Prius; a de Oobu que fabrica o Vitz, a planta de Fuji instalada na cidade de Susono (Shizuoka) e a de Iwate, na cidade de Kanegasaki.

As plantas Takaoka, em Toyota, e Tahara, na cidade homônima (Aichi), devem retomar em 28 deste mês.

Do total de 16 plantas, incluindo as das subsidiárias, 15 delas tinham parado as produções gradativamente desde 18 deste mês.
Fonte: IPC Digital com Chunichi Shimbun

Honda: Japão já não pode ser um centro mundial de fabricação e exportação de veículos

Posted in Honda with tags , on 7 de outubro de 2011 by vistoconsular

Apesar da fortaleza do iene, companhia japonesa manterá produção local para não cortar postos de trabalho

Takanobu Ito, presidente da Honda, advertiu em entrevista ao jornal Asahi Shimbun que a fortaleza do iene impede que o Japão se mantenha como centro mundial de fabricação e exportação de veículos. A situação é tão grave que, revelou Ito, o funcionário da Honda encarregado do mercado americano disse que exportar automóveis do Japão só aumentará as perdas da companhia japonesa.

O mandatário da Honda manifestou que a montadora atualmente exporta entre 30 e 40% do que é produzido no Japão e que planeja exportar apenas entre 10 e 20% de sua produção local. Apesar desta drástica redução, a Honda manterá seu nível de produção atual. Para compensar a queda nas exportações, a empresa automobilística planeja reforçar suas vendas internas.

Segundo Ito, a chave para impulsar as vendas no Japão serão os minicarros. “Vamos aumentar as vendas em mais que o dobro”, disse ao Asahi. Além disso, afirmou que a Honda não sobreviverá no Japão a menos que coloque a mira nos minicarros (Kei Cars). Não será nada fácil. “A concorrência será feroz”, admitiu.

“Teremos que manter a produção no Japão. Vamos desenvolver novos produtos e fabricá-los. Vamos gerar empregos”, disse Ito. “Como somos uma empresa que foi criada no Japão, queremos seguir sendo o centro mundial de conhecimento e desenvolvimento”, concluiu.
Fonte: IPC Digital com Efe

Nissan e Honda buscam recuperar ritmo de produção no Japão

Posted in Honda, Nissan with tags on 18 de maio de 2011 by vistoconsular

Nissan espera alcançar ritmo normal de produção em outubro.
Honda enfrenta problemas com peças eletrônicas e materiais de pintura.

As montadoras Honda e Nissan trabalham para retomar o mais rápido possível a produção total de veículos no Japão. As duas, assim como Toyota e outras montadoras situados no país asiático, foram obrigadas a paralisar suas linhas de montagem em virtude dos tremores ocorridos em março deste ano.

O CEO da Nissan, Carlos Ghosn, declarou nesta terça-feira (17) que funcionários estão trabalhando para restaurar a produção de automóveis da marca para níveis completos antes da meta de outubro.

“Eu posso dizer que cada funcionário da Nissan está tentando provar que estou errado quando digo outubro. Há um senso de motivação em todos quando dizemos que vamos fazer acontecer antes de outubro”, disse Ghosn, em entrevista na fábrica de motores de Iwaki. “Mas, sendo razoável, não acredito que vai estar pronto antes de outubro”, completou.

A fábrica com capacidade para produzir 560 mil motores por ano retornou à sua plena ocupação nesta terça.

Enquanto isso, a Honda uniu-se à Nissan nesta terça-feira ao afirmar que a recuperação de sua cadeia de autopeças está ganhando ritmo. “Queremos acelerar nosso cronograma para retornarmos ao normal, mas isso depende da oferta de autopeças”, disse o vice-presidente financeiro da montadora japonesa, Fumihiko Ike. “Mas estamos vendo a recuperação acelerar.”

Ele afirmou que a montadora planeja anunciar sua previsão de lucro para o atual ano fiscal antes da reunião dos acionistas, marcada para 23 de junho. A Honda está enfrentando acesso limitado a componentes eletrônicos, autopeças de borracha e materiais de pintura, disse Ike.

No mês passado, a Honda informou que espera que a produção de veículos retorne a níveis planejados antes dos terremotos de março até o final do ano. Enquanto isso, o nível deve ficar pela metade até o final de junho.
Fonte: G1 com informações da Reuters