Arquivo para Toyota

Toyota admite 2 mil e 600 novos empregados recém formados

Posted in Japão, Notícias, Toyota with tags , on 4 de abril de 2017 by vistoconsular

 

empregados recem formados
Com o início do ano fiscal e do ano letivo japonês, as cerimônias de admissão de novos empregados nas empresas também floresceram por todo o Japão, neste dia 3 de abril, junto com o desabrochar das flores de sakura. Pode-se dizer que o início da carreira profissional no Japão é quase que uma extensão da vida de estudante.

Com a Toyota, a maior empresa de manufatura industrial do Japão, não podia ser diferente. Ela também realizou a sua cerimônia de admissão, e em grande escala, admitindo 2.633 novos empregados, 52 a mais do que no ano anterior. Além dos novos formandos, a empresa admitiu como empregados regulares (sei-shain) 377 técnicos que tinham contratos temporários.

akio toyoda president

O presidente da empresa, Akio Toyoda, de 60 anos, em seu discurso de boas-vindas aos novos empregados, referiu-se à eleição e posse do Presidente norte-americano Donald Trump dizendo: “Vivemos uma época em que tudo pode acontecer”.

A Toyota completa 80 anos de fundação neste ano de 2017. No ano passado, ela perdeu o posto de empresa Nº 1 de automóveis do mundo ao ser ultrapassada pela Volkswagen em número de carros fabricados. Este ano ela espera recuperar o posto com um plano de montar 10,2 milhões de veículos.

“Vivemos um tempo de grandes transformações. Não devemos considerar o surgimento de inteligência artificial ou carros-autônomos como ameaças. Temos que ter a coragem de transformar o presente em prol do amanhã”, completou o CEO da segunda maior empresa de automóveis do mundo.
Fonte: IPC Digital

Anúncios

Montadoras se juntam no Japão para garantir recarga de carros elétricos

Posted in carros elétricos, montadoras japonesas with tags , , , , on 30 de julho de 2013 by vistoconsular

Toyota, Nissan, Honda e Mitsubishi assinaram acordo de infraestrutura.
Até 2020, venda de carros a eletricidade deve representar 20% do total.

Montadoras japonesas receberão incentivos do governo (Foto: Divulgação)As montadoras japonesas Toyota, Nissan, Honda e Mitsubishi assinaram nesta segunda-feira (29) um acordo para instalarem, juntas, sistemas de carregamento de carros elétricos e híbridos plug-in no Japão. A parceria também prevê a construção de uma rede de serviços que dê suporte aos usuários destes tipos de veículo.

O projeto será assistido e subsidiado pelo governo do Japão. A iniciativa visa diminuir os problemas de infraestrutura que prejudicam a popularização dos carros que utilizam a eletricidade como principal ou única fonte energética.

No Japão, existem 1.700 pontos de carga rápida e 3 mil postos de recarga “normal” para veículos elétricos, o que é considerado insuficiente. O governo vai disponibilizar 100,5 bilhões de ienes para a expansão de tais estações. Além disso, cada prefeitura desenvolve projetos próprios de incentivo ao uso do carro elétrico.

Com o investimento em infraestrutura e a parceria, as montadoras acreditam que as vendas de veículos elétricos e híbridos plug-in representem, até 2020, entre 15% e 20% do total de  vendas de veículos novos.
Fonte: AutoEsporte

Produção das montadoras japonesas pode alcançar máximo histórico no ano fiscal 2012

Posted in Produção das montadoras japonesas, produção de veículos with tags , , on 15 de junho de 2012 by vistoconsular

China, Índia e México serão os principais propulsores de crescimento

A produção mundial das oito maiores fabricantes japonesas de automóvel impulsionada pelos mercados emergentes pode alcançar um máximo histórico neste ano fiscal, informou o diário Nikkei. Mais de 26 milhões de veículos seriam produzidos entre abril de 2012 e março de 2013, 16% a mais que no exercício fiscal anterior. O impulso maior virá de países como China, Índia e México.

Com exceção da Mitsubishi, as companhias japonesas planejam fabricar mais unidades que no ano fiscal 2007, quando registraram o recorde de 23,19 milhões de unidades. A Toyota prevê fabricar 8,7 milhões de automóveis. A gigante visa reforçar sua produção não apenas em países emergentes como no Japão onde está aumentando a fabricação de seu híbrido Aqua.

Por sua parte, a Nissan estabeleceu como meta produzir 5,38 milhões de veículos, 11% a mais que no ano fiscal 2011. As previsões da Honda são um pouco mais modestas: 4,3 milhões de unidades (um milhão a mais que no ano anterior). A cota do mercado global das oito fabricantes japonesas caiu de 31,7% em 2008 para 26,9% em 2011, ano difícil para a indústria do Japão pelo triplo desastre de março e pelas inundações na Tailândia. Em 2012, sua participação se elevaria para 28,6%.
Fonte: IPC Digital

Produção de veículos no Japão cresceu 18,6% em janeiro

Posted in produção de veículos with tags on 1 de março de 2012 by vistoconsular

Toyota foi a companhia que mais fabricou unidades

A produção de veículos no Japão teve crescimento em janeiro de 18,6% interanual com 837.197 unidades, segundo dados apresentados pela Associação Japonesa de Fabricantes de Automóveis (Jama).

As consistentes vendas propiciadas pelo programa de incentivo do governo para a compra de veículos menos poluentes, assim como o aumento na produção para compensar a paralisação gerada pelo terremoto de 11 de março, possibilitaram o quarto mês consecutivo de crescimento dos indicadores.

A fabricação de veículos de passageiros subiu 18,1% em janeiro com relação ao mesmo mês de 2011, para 719.879 unidades, enquanto que a de caminhões aumentou 22,4% (107.532 unidades). A produção de ônibus cresceu pelo oitavo mês consecutivo com 12,8% em comparação com janeiro de 2011, para chegar a 9.786 veículos.

Segundo a Jama, as exportações de veículos em janeiro subiram 4,1% interanual, para 380.295 unidades, enquanto as vendas para a Europa, afetada pela crise da dívida caíram 20,7% para 74.670 unidades.

Em janeiro, a Toyota voltou a ser a marca que mais produziu carros com 295.630 unidades, 26,3% a mais que durante o mesmo período de 2011.

Em segundo vem a Honda, com 98.473 unidades (42,4% de aumento interanual), Nissan, com 96.104 (17,4% a mais), Suzuki com 86.401 (16,8% a mais) e Mazda com 69.510 (1,01% a mais).
Fonte: IPC Digital com EFE

Vendas de carros no Japão disparam 20% em novembro

Posted in venda de carros no Japão with tags , , on 1 de dezembro de 2011 by vistoconsular

As montadoras do país mostram recuperação após terremoto e tsunami

Pátio de automóveis da montadora Derways, na Rússia

As vendas de automóveis no Japão em novembro subiram mais de 20% pelo segundo mês consecutivo graças a uma base de comparação fraca em relação ao ano passado. As montadoras no país continuam a mostrar recuperação na produção após o Japão ter sido atingido por terremoto e tsunami em março deste ano.

As vendas de veículos no Japão, excluindo a de miniveículos de 660 cilindradas, subiram 24,1% em novembro sobre o mesmo período do ano passado, segundo dados da associação do setor. As vendas da Toyota, excluindo a marca de luxo Lexus, subiram 24,2%, enquanto a Nissan teve alta de 25,4%. A Honda, fortemente atingida pelas enchentes na Tailândia, grade base produtiva, cortou a produção e viu as vendas subirem apenas 1,5%.

O mês de outubro do ano passado foi o primeiro completo após a expiração de subsídios do governo para substituição de carros com mais de 13 anos de uso.

Forte crescimento na Coreia do Sul – As montadoras sul-coreanas viram forte crescimento nas vendas internacionais, que compensaram recuo nos licenciamentos domésticos. Na Coreia do Sul, a Hyundai teve alta nas vendas globais de 19,3%, enquanto os licenciamentos da afiliada Kia Motors, subiram 8,5%.

As vendas internacionais subiram 26,1% no caso da Hyundai e 13,4% no caso da Kia, minimizando uma queda de quase 10% nas vendas de ambas as montadoras no mercado sul-coreano.
Fonte: Veja com Reuters

Honda e Toyota reduzem produção em fábricas brasileiras

Posted in Notícias with tags , on 28 de abril de 2011 by vistoconsular

Toyota também anunciou um “ajuste temporário” em sua fábrica de produção em Zárate (Argentina).

A Honda e a Toyota reduzirão temporariamente a produção em suas fábricas do Brasil pelo desabastecimento de autopeças para a fabricação de veículos depois do terremoto e posterior tsunami registrados no Japão, informaram nesta terça-feira as duas companhias.

A Honda, o terceiro maior fabricante japonês, afirmou em comunicado que sua fábrica de São Paulo, onde produz, entre outros, seus modelos Honda Civic e Honda City, antecipará sua tradicional interrupção do mês de julho a datas compreendidas entre 23 de maio e 3 de junho.

Por outro lado, sua fábrica de Manaus, destinada à produção de motos, manterá seu ritmo habitual.

“É importante destacar que todas as unidades da Honda no mundo estão empenhadas em contribuir com a recuperação das operações da empresa e de seus abastecedores no Japão e que todas as medidas possíveis serão adotadas para minimizar os inconvenientes ao consumidor final”, informou a empresa.

A Toyota, o maior fabricante de carros do mundo, também anunciou um “ajuste temporário” em suas fábricas de produção em Indaiatuba (São Paulo) e Zárate (Argentina) devido ao atraso na distribuição de peças procedentes do Japão.

Na fábrica brasileira, onde produz o Corolla, a empresa interrompeu os trabalhos na segunda-feira, situação que se repetirá nos dias 6 e 20 de maio.

Segundo a Toyota, estas interrupções temporárias não afetarão à construção de sua nova fábrica em Sorocaba (São Paulo), nem a ampliação da capacidade produtiva da fábrica argentina.

Em Zárate, onde a companhia fabrica o Hilux e o SW4, a empresa suspenderá o segundo turno de produção nos dias 13, 20 e 27 de maio.

Este ajuste, no entanto, não afetará os mais de 7,1 mil trabalhadores que a Toyota emprega no Brasil e na Argentina.
Fonte: IPC Digital com Efe

Fábricas da Toyota voltam a funcionar

Posted in Notícias with tags on 18 de janeiro de 2011 by vistoconsular

Nevasca passa e produção volta ao normal

A Toyota reiniciou na terça-feira (18) a produção na província de Aichi depois que uma nevasca obrigou a montadora a suspender os turnos de trabalho a partir das 16h de segunda-feira (17).

Segundo Paul Nolasco, porta-voz da empresa, a suspensão atingiu 11 das 12 fábricas do grupo na província. Entre elas estava a unidade que monta o Prius. No entanto, a empresa disse que não haverá atraso na produção.

A maioria da fábricas terceirizadas, onde trabalham muitos brasileiros, funcionou normalmente.

A Toyota foi obrigada a paralisar a produção também em 2005, por causa de uma forte nevasca.
Fonte: IPC Digital